Tempo São Paulo, SP

Últimas Notícias

Ambientalistas já podem tentar vaga no Conama

09/03
13:18 2018

De 1º a 30 de setembro, interessados podem se candidatar às 11 vagas da sociedade civil para o Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama)



Neste sábado (01/09), tem início o período de inscrições para candidaturas às vagas destinadas a entidades ambientalistas no Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), inscritas no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas (CNEA), para o biênio 2019/2021. O prazo para inscrições vai até o dia 30 de setembro, conforme determinado na Portaria nº 253/2018, publicada no Diário Oficial da União de 28 de junho.



São 11 vagas, duas para cada uma das cinco regiões geográficas do país e uma para o âmbito nacional. As entidades eleitas terão mandato de dois anos, desde que cadastradas regularmente há pelo menos um ano no CNEA. 



Para registrar a candidatura, a entidade interessada deve enviar, para o endereço eletrônico cnea@mma.gov.br, nome, CNPJ e região; e comunicar a vaga à qual concorre (regional ou nacional). O e-mail deve ser enviado aos cuidados da Secretária de Articulação e Cidadania Ambiental, até o dia 30/09. 



Não será permitida a candidatura simultânea de uma mesma entidade a vagas de âmbito regional e nacional. Tão pouco será permitida a candidatura de entidade ambientalista que tenha exercido dois últimos mandatos consecutivos no Conama.



No dia 4 de outubro, o Ministério do Meio Ambiente divulgará a lista das entidades aprovadas e homologadas. O período de votação será de 8 de outubro, a partir das 8 horas, a 7 de novembro, até as 18 horas (horário de Brasília). A apuração da eleição, o resultado provisório, a publicação da ata e a divulgação no sítio do Conama estão marcados para 8 de novembro.



De 9 a 13 de novembro é o prazo para interposição de recursos, e de 19 a 23 de novembro, será divulgado o resultado dos recursos. Enfim, no dia 26 de novembro, será divulgado o resultado das eleições para o biênio 2019/2021.

 

CNEA



A Comissão Permanente do Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas (CNEA) foi criada com objetivo de manter um banco de dados com o registro das entidades ambientalistas não-governamentais atuantes no País. O cadastro é acessado por organismos governamentais e não-governamentais, nacionais e internacionais, que podem usar as informações disponíveis para o estabelecimento de parcerias, habilitação em projetos e convênios.

 


Fonte: Portal MMA

 

 

Comentários (0)

Escreva um comentário





Comentários


Mais Notícias

Brasil e Argentina firmam cooperação para segurança química Leia Mais!
Encontro discute regiões hidrográficas do Sul Leia Mais!
Aprovada resolução para manejo de fauna silvestre e exótica Leia Mais!
Ação brasileira contribui para combate à mudança do clima Leia Mais!
Mais recursos para revitalizar a região do Velho Chico Leia Mais!
Operação resgata 118,5 mil peixes de lagoas ameaçadas Leia Mais!
R$ 228 milhões para expandir energias renováveis Leia Mais!
Desafios para a gestão dos recursos hídricos no país Leia Mais!
Interáguas fortalece gestão das águas Leia Mais!
Brasil pode ter seu primeiro sítio misto reconhecido pela Unesco Leia Mais!
Governo diferenciará desmatamento legal do ilegal Leia Mais!